Você conversa com o seu leitor? Aprenda a divulgar seu livro


No dia 28 de outubro, a notícia que mais circulou pelos meios editoriais foi: “Saraiva fecha 20 lojas no Dia Nacional do Livro”, depois de passar por um período de grandes dificuldades financeiras, assim como a Livraria Cultura. Crê-se que esse cenário se deva a dois pontos principais: outros produtos concorrerem fortemente com o livro e a ascensão do mercado on-line.

Quando uma editora pensa em lançar um livro, um dos primeiros passos é pesquisar títulos concorrentes, qual o público-alvo, saber se há interesse do público em ler determinado assunto etc. Mas o que muitas vezes as empresas esquecem é que, com o livro, concorrem incontáveis produtos e atividades: celular, internet, televisão, esporte, descanso e muitos outros.

As pessoas leem o que, quando e como quiserem, e, o principal, se quiserem ler.

E como fidelizar nossos leitores?

A forma como o autor fala com seu público também é um determinante na aproximação e, sobretudo, na fidelização de seu leitor. Podemos ter como exemplo os livros da série Harry Potter, de J. K. Rowling, que venderam muito, mas muito mesmo. Lançado já há mais de duas décadas, continua sendo um grande fenômeno, com fãs de todas as idades. Até hoje, J. K. Rowling mantém uma página na internet, a Pottermore, que conta sobre a vida das personagens após os filmes e os livros. Além disso, continua investindo em outras séries, como Animais Fantásticos, que tem sido bem aceita pelos potterheads.

Sem dúvida, no mundo atual, a internet e a interação que ela proporciona são fundamentais para novos mercados e novos negócios. Não à toa, a Saraiva informou que, após o fechamento dessas lojas, investirá mais no marketplace; o custo é menor, uma vez que não há espaço físico e há menor quantidade de funcionários. Nesse sentido, temos como exemplo a Amazon, que tem crescido exponencialmente nos últimos anos com a venda de livros tanto físicos como digitais e tem sido uma ótima e lucrativa alternativa para autores

independentes.

Não podemos deixar de citar também as redes sociais, cujas ferramentas de interação e venda estão sendo cada vez mais bem aprimoradas, como é o caso do Facebook e do Instagram.

E você, autor independente, como imagina que pode atrair seu público, pensando na linguagem que usa em suas obras e na forma como fala com seus leitores? Como fidelizá-los? Como será que você pode usar as redes sociais a seu favor?

Para ajudá-lo na divulgação de sua obra, a Casa Educação está oferendo o webinar Marketing para autores: técnicas simples para divulgar e vender seu livro, no dia 5 de novembro, segunda-feira, às 19h. Corra para se inscrever! É on-line e gratuito: http://bit.ly/webinarautores.

17 visualizações

© 2019 ​Amélie Editorial. Todos os direitos reservados.

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle